Artificial Intelligence
Please fill the required field.

Дагестан в эпоху древности


1976 1. República Autônoma Socialista do Daguestão , A República Autônoma Socialista do Daguestão foi uma entidade autônoma da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), que existiu de 1978 a 1991. Localizada na região do Cáucaso, a república abrangia uma área de 85.190 km² e possuía uma população de aproximadamente 1,8 milhões de habitantes. Sua capital era a cidade de Makhachkala. A história do Daguestão remonta à antiguidade, quando a região era habitada por tribos nômades, como os sindis, os urartianos e os cimérios. Durante a era romana, a região foi dominada pelos sassânidas e, posteriormente, pelos hunos. No século VIII, os árabes conquistaram o Daguestão e trouxeram o islamismo para a região. No século XIX, o Daguestão foi anexado pelo Império Russo e, em 1921, tornou-se parte da República Socialista Federativa Soviética Russa. Em 1936, a região foi dividida em duas entidades autônomas: a República Socialista Soviética Autônoma do Daguestão, que abrangia a parte ocidental da região, e a República Autônoma Socialista Soviética do Daguestão, que abrangia a parte oriental. Em 1978, as duas entidades foram unificadas para formar a República Autônoma Socialista do Daguestão. Durante o período soviético, a economia do Daguestão era baseada na agricultura e na produção de petróleo e gás natural. O governo soviético também incentivou a industrialização na região, e várias fábricas foram construídas. Após o colapso da União Soviética em 1991, o Daguestão tornou-se parte da Federação Russa. No entanto, a região enfrentou vários desafios, como a instabilidade política, a violência étnica e a pobreza. O separatismo e o terrorismo também se tornaram problemas recorrentes na região. Embora o Daguestão continue a enfrentar desafios, o governo russo tem implementado políticas para promover o desenvolvimento econômico e a estabilidade na região. Em 1999, uma nova Constituição foi adotada, concedendo maior autonomia ao Daguestão e reconhecendo o direito das minorias étnicas e religiosas. Hoje, a República do Daguestão é composta por cerca de 40 grupos étnicos e mantém sua rica cultura e tradições. A economia da região é baseada principalmente na agricultura, na indústria de petróleo e gás e no turismo. O Daguestão também é conhecido por suas belezas naturais, como as montanhas do Cáucaso e o Mar Cáspio, e atrai muitos turistas todos os anos.